Karla Mello

Amar pode ser poço... Amar nunca será vão.

.. Escreve a Florbela Espanca .. "Sou talvez a visão que Alguém sonhou, Alguém que veio ao mundo pra me ver e que nunca na vida me encontrou"
Textos

Afago
afogo
não deixo brotar
a flor dolorida
do amor

em lágrimas
e gotas da chuva
das janelas embassadas
do quarto que ocupo
pequena.

afogo
afago
tão delicadamente
as tuas desbotadas fotografias...
tua flor.

olhar morno o teu
de minh'alma perene... que chora... e chora.
e Ele
que a tudo assiste
apieda-se
no silêncio que coloca em minha boca.

... oro.. afago-te.. afogo-te.. e calo.

Karla Mello
13 de Março de 2018
Karla Mello
Enviado por Karla Mello em 13/03/2018
Alterado em 13/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras